Mural de Twitter para incentivar turismo ao Canadá

19 07 2010

Um mural gigantesco, que mostra twittadas e fotos de americanos que viajaram ao Canad,  promove o turismo para esse destino. A idéia é simples e inspiradora quando se trata de pensar ações promocionais linkadas com redes sociais. Criação da DDB Canadá para Canadiam Tourism Commission.

Inspire-se e ative.

@LuSetubal

Post refê da Paula Rizzo.





Eventos – Barcelona, Recerca e Innovació

6 07 2010

Em conversas com colegas criativos, é quase consenso que o bom evento traz design simples e cada vez mais com cara de artesanal, mesmo que a marca – ou instituição – patrocinadora esteja alinhada com tecnologia e inovação. Um bom exemplo é o evento Barcelona, Recerca e Innovació: muita madeira conjugada com peças interativas. Espírito de inovação, pegada artesanal. Perfeito!

A criação da identidade visual é da espanhola Astrid Ortiz.

Dica dos amigos Rodrigo e Érika, do bacaníssimo estúdio de design @collecta.

Inspire-se para ativar seus eventos com esse espírito!

@LuSetubal





Write the Future, Nike: o supercomercial teve um press kit à altura

1 07 2010

Comerciais bem feitos geram alto volume de buzz na blogosfera, geralmente transformando-se em virais.  Um exemplo é o último comercial da Nike, Write the Future, criado pela W+K e dirigido pelo cineasta Alejandro Iñarritu, diretor de preciosidades como Amores Brutos e 21 Gramas.

O que pouca gente sabe é que o press kit de lançamento da campanha foi tão bacana quanto o comercial.

Criado pela entalhadora Diem Chau em parceria com a Wieden+Kennedy, o kit traz 6 jogadores mundialmente consagrados entalhados em bastões de giz pastel: Fabio Canavarro, Didier Drogba, Franck Ribery, Robinho, Wanye Rooney e Cristiano Ronaldo.

Os bastões – que apesar de não serem uma cópia fiel de cada jogador, são bem bacanas – foram acondicionados em um box bacanérrimo, criação da W+K.

Quem recebeu o kit que utiliza a arte do entalhe, prática ancestral tão “Mama África”, com inovação? Apenas 11 sortudos.

Inspire-se e ative.

@LuSetubal

Post refê do Trendland, dica do @FabioHan.





O tiro vai sair pela culatra?

28 06 2010

Há tempos se discute a ação invasiva de algumas ações promocionais. Um exemplo recente é a vuvuzela gigante instalada pela Hyundai no topo de um prédio da Cidade do Cabo, no início da Copa (post refê do Brainstorm9).

Outro exemplo é a ação do hospital Stadt Apotheke que, para lembrar que o Sol pode matar (em função de câncer de pele e outros males), pendurava etiquetas com a inscrição “Sun Kills” nos pés de pessoas que tomavam banho de sol em um dos maiores parques públicos de Zurique (o post refê vem do Comunicadores).

Diferente da segunda ação (em que o principal objetivo é criar polêmica a fim de chamar atenção para o assunto, estratégia bastante utilizada por entidades do Terceiro Setor como forma de mobilizar a sociedade quanto às suas causas), a primeira ação expõe uma marca a todo tipo de reação que a instalação de uma vuvuzela gigante pode gerar, sejam elas positivas ou negativas.

Analisando essas duas propostas, poderíamos afirmar que o futuro da ação promocional caminha para o mesmo destino da publicidade que, por extrapolar limites em nome de uma pretensa criatividade, já sofreu sanções e teve que se readequar? Estaria a comunicação promocional seguindo o mesmo caminho, criando ações que mais parecem criadas como um fim em si mesmas – “ah, a idéia é legal, vai bombar, não vamos nos preocupar com resultados” – do que para gerar benefícios para a marca?

O que você acha? Deixe a sua opinião.

@LuSetubal





Aproveitar a criatividade para reaproveitar

3 05 2010

Semana passada vi 2 posts bem interessantes, da Rede Ecoblogs.

Ambos mostravam soluções de reutilização de pallets, aquelas estruturas em madeira utilizadas para estocagem em grandes armazéns.

A 1ª mostrava uma casa, toda feita com pallets e que tinha um custo de 11 reais, o m².

Esse projeto foi, criado por 2 estudantes austríacos de arquitetura: Gregor Pils, Andreas Claus Schnetzer, para um prêmi0 de arquitetura sustentável.

Veja a matéria completa aqui.

O outro, mais modesto, reaproveita menos pallets, mas é bem mais prático e fácil de ser colocado em prática.

Esta versão, reaproveita o material, criando uma bela mesinha de centro, com espaço para guardar coisas, tipo, controle remoto da televisão, dvds, ou mesmo revistas.

Serve pra casa ou pro escritório e ainda contribui com o meio-ambiente.

A criação é do grupo francês doobi e o post referência é do Rodrigo Barba.

Inspire-se!

@3ernardo





McRioVerde

5 04 2010

Eu não sabia que o rio ficava verde, mas de qualquer forma, fiquei sabendo  de duas coisas novas e resolvi trazer aqui.

Para comemorar o St. Patrick´s Day, a cidade de Chigado, tem a tradição de colorir o rio que leva o nome da cidade. Isso desde 1961.

Eles garantem que a tinta usada não causa nenhum problema ambiental, mas não revelam o segredo da coloração.

Esse ano, a  Leo Burnett, aproveitou a data festiva e a particularidade da coloração do rio, para divulgar o novo milkshake de menta, do McDonald´s, o Shamrock Shake, comercializado durante as festividades.

A ideia era, insinuar que o Milkshake da rede americana era o causador do efeito que deixava o rio verde.

Uma ação interessante que soube explorar bem uma oportunidade gerada por uma data festiva.

O rio verde já é uma intervenção. Pode-se dizer então que esta foi uma intervenção na intervenção.

Inspire-se!

@3ernardo





Marketing marcante

1 04 2010

Hoje, apesar de dia da mentira, alguns portais e blogs estão chamando a atenção para uma ação de marketing do Vasco da Gama.

A equipe carioca já havia lançado seu uniforme número 3, na minha opinião, bonito, diferente, e como sempre, vendedor.

Mas eles foram muito além disso, explorando ainda mais as oportunidades do símbolo.

Só que talvez eles tenham ido, bem além do que as pessoas esperavam/aceitam.

Isso está gerando muita discussão, o que de qualquer forma, promove o famoso boca-a-boca. Se esse era o objetivo, deu certo.

A ideia é estimular os torcedores a tatuarem a cruz templária na pele e assim colocar o Vasco no Guinnes, o livro dos recordes, com o maior número de tatuagens no mesmo dia.

A tatoo sai de graça e além disso, o trocedor ganha a camiseta, além de uma marca no corpo para o resto da vida.

Discussões à parte, deixo para você ver o vídeo, checar outras opiniões e tirar suas conclusões. Se quiser, comente e mostre o que achou.

Inspire-se!

@3ernardo